Realizada 35ª Semana do Aleijadinho

A Paróquia Nossa Senhora da Conceição, o Museu Aleijadinho, a Prefeitura Municipal e outras instituições parceiras realizaram entre os dias 12 e 18 de novembro a 35ª edição da Semana do Aleijadinho, idealizada primeiramente pelo então pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Pe. Francisco Barroso Filho, hoje Bispo Emérito de Oliveira - MG.

Pela primeira vez a Semana teve eventos fora do município de Ouro Preto, estendendo-se até a capital do estado, Belo Horizonte, onde nos dias 12, 13 e 14 houve exibições de documentário e palestra na sede da Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais.

A partir do dia 15 os eventos foram sediados em Ouro Preto. Nesse dia aconteceu na parte da tarde uma palestra proferida pelo Dr. Marcos Paulo de Souza Miranda, promotor coordenador da Promotoria de Defesa do Patrimônio Cultural e Turístico de Minas Gerais, que abordou o importante tema do combate aos crimes contra o patrimônio cultural sacro. Foram convidados especialmente para essa palestra todos os zeladores, sacristãos, provedores de Irmandades e Ordens Terceiras de Ouro Preto e região. Ainda no dia 15, à noite, no Santuário de Nossa Senhora da Conceição, onde foi sepultado o corpo de Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, aconteceu a cerimônia oficial de Abertura da Semana, seguida de um brilhante concerto da Orquestra Ouro Preto.

No dia 16, à tarde o Museu Aleijadinho exibiu em suas dependências um documentário sobre o grande mestre do barroco mineiro.

O sábado, 17, foi marcado pela proveitosa palestra do historiador, pesquisador e artista plástico ouropretano José Efigênio Pinto Coelho, sobre o tema "O Aleijadinho e a pedra sabão" e por uma animada roda de samba na praça Antônio Dias, conduzida pelo grupo Candonguero, que envolveu turistas e moradores.

No dia 18, domingo, comemorou-se os 198 anos da morte do Aleijadinho. Às 10 horas, no Santuário de Nossa Senhora da Conceição, o pároco e presidente do Museu Aleijadinho, Pe. Luiz Carlos César Ferreira Carneiro, presidiu a Missa Solene Cantanda, abrilhantada pelo Coro e Orquestra São Pio X, da mesma Paróquia. Várias autoridades participaram da Celebração, dentre as quais, o Sr. Prefeito Municipal, Dr. Angelo Osvaldo de Araújo, que também se fez presente em diversos outros eventos da Semana. Após a Missa procedeu-se a entrega da Medalha do Aleijadinho, conferida pela Prefeitura de Ouro Preto àqueles aos quais reconhece como legítimos benfeitores do Município.

Esse ano foram agraciados Dom José Eudes Campos do Nascimento, Bispo de Leopoldina, nessa cerimônia representado pelo Pe. Luiz Carneiro, em virtude de compromisso já previamente assumidos, o Sr. Jacques Boulier, o Sr. Mauro Francisco de Souza Silva e a Sra. Maria Agripina Neves. Ao término das condecorações e discursos, depositou-se uma coroa de flores no túmulo do Aleijadinho, diante do altar de Nossa Senhora da Boa Morte, ao toque de Silêncio e sob as badaladas dos sinos do Santuário.

Encerrando a Semana, o grupo "A Canção das Iluminuras", proveniente de Belo Horizonte, apresentou-se com repetório de músicas medievais, "As Canções de Santa Maria", da corte do rei Afonso X, encantando o público presente pela originalidade das músicas e dos instrumentos, recriando verdadeiros instrumentos medievais.

A Paróquia e o Museu renovam seus agradecimentos a todos que, de qualquer forma, contribuíram para o êxito e sucesso da 35ª Semana do Aleijadinho, especialmente à Prefeitura Municipal de Ouro Preto, a Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais, o Instituto Nacional de Desenvolvimento e Integração Cultural, o centro cultural da FIEMG em Ouro Preto, o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais e o Ministério Público do Estado de Minas Gerais, através da Promotoria Estadual de Defesa do Patrimônio Cultural e Turístico de Minas Gerais.

Inscrições da 38ª semana do Aleijadinho


As inscrições serão feitas pelo e-mail perspectiva@fafich.ufmg.br
                  

 

O Colóquio internacional A construção da fantasia: arquitetura e pintura na ordenação do espaço sagrado tridentino está com inscrições abertas para ouvintes
 

Evento  faz parte da programação da 38ª Semana do Aleijadinho, realizada pela Paróquia Nossa Senhora da Conceição e Museu Aleijadinho em Ouro Preto
 

O colóquio internacional A construção da fantasia: arquitetura e pintura na ordenação do espaço sagrado tridentino, promovido pelo grupo de pesquisa Perspectiva Pictorum, da UFMG, integrante da programação da 38ª Semana do Aleijadinho (Ouro Preto/MG) está com inscrições abertas para ouvintes.
 
O grupo Perspectiva Pictorum realiza o colóquio a cada dois anos e, em 2015, traz para Ouro Preto o estudo da pintura em perspectiva, também chamada de “falsa arquitetura”.
 
As inscrições para ouvintes podem ser realizadas até 11/11/2015 pelo site http://www.fafich.ufmg.br/perspectiva/ ou peloe-mail perspectiva@fafich.ufmg.br com vagas limitadas. A programação do colóquio inclui a participação de pesquisadores especialistas em arte, história e arquitetura barroca, como Alfredo Morales (Universidad de Sevilla); Luiz Freire e Rodrigo Baeta (UFBA); Celio Macedo (Ufop); Marcos Tognon e Mônica Farias (Unicamp); Danielle Pereira (Unesp); Maria Cláudia Almeida Orlando Magnani (UFVJM); Adalgisa Arantes Campos, Adriana Carvalho, André Dangelo, Aziz José de Oliveira Pedrosa, Celina Borges, Leandro Gonçalves Rezende, Magno Mello, Mônica Lage, Renata Nogueira Gomes de Morais e Walmira Costa (UFMG); Fumikazu Saito, Regiane Caire Silva e Carla Bromberg (PUC-SP); Martina Egger (Innsbruch - Áustria); Fauzia Farneti, Maria Teresa Bartoli e Silvio Van Riel (Università degli Studi di Firenze); Javier Navarro de Zuvillaga (Universidad Complutense de Madrid); Alex Bohrer (IFMG); Janaína Ayres (UFRJ); Danilo Matoso Macedo (FAU - UnB); Regiane Caires Silva e Marília Martha França Sousa (UMFA).
 

38 ª Semana do Aleijadinho
 
Em 2015, a Paróquia de Nossa Senhora da Conceição e o Museu Aleijadinho realizam a 38ª Semana do Aleijadinho – “Escultura, arquitetura e pintura nos caminhos das Minas: aparência e realidade”. O evento acontece entre os dias 16 e 21 de novembro. Desde sua primeira edição, em 1968, presta homenagem ao aniversário de morte do mestre e patrono das artes no Brasil Antônio Francisco Lisboa. A programação é composta por oficinas, exposições, lançamento de livro, concertos e debates, além do Colóquio Internacional sobre História da Arte.
 
A 38ª Semana do Aleijadinho conta com o apoio da Fundação de Arte de Ouro Preto (FAOP), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Programa de Pós-Graduação em História (UFMG), Sistema SESI/FIEMG, IPHAN, Converso Comunicação, Assembléia Legislativa de Minas (ALMG), Orquestra Ouro Preto, Prefeitura de Ouro Preto, Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio de Ouro Preto, Casa do Folclore de Ouro Preto, Ambienta, Anamar Transporte e Construções, Hotel Luxor, Hotel Minas Gerais, Pousada Arcádia Mineira, Anavladia – Fundição Artística, Coopeouro, CAPTACULT Captação e Projetos.


Programação

Colóquio Internacional “A arquitetura do engano: redes de difusão e o desafio da representação perspectiva no universo pictórico barroco”
 
 
18 DE NOVEMBRO - QUARTA-FEIRA
 
9h - Abertura
Presenças: Profª. Júlia Mitraud (Presidente da FAOP – Fundação de Arte de Ouro Preto); Cônego Luiz Carlos Cesar Ferreira Carneiro (Presidente do Museu Aleijadinho); Prof. Dr. Magno Mello (Grupo de Pesquisa Perspectiva Pictorum/UFMG); Prof. Dr. Fernando de Barros Filgueiras (diretor da FAFICH/UFMG)
Na Fundação de Arte de Ouro Preto - Faop (rua Alvarenga, 794 - Cabeças)
 
Núcleo temático: Arquitetura e falsa arquitetura: espaço como invenção
Presidência da mesa: Prof. Dr. Fumikazu Saito (Cesima - PUC-SP)

 
9h30 - Arquitecturas aéreas: campanarios, espadañas y miradores en la arquitectura sevillana de los siglos XVII y XVIII - Alfredo Morales (Universidad de Sevilla)
10h - Arquitetura artificial no teto da nave da Matriz de Nossa Senhora da Divina Pastora em Sergipe - Luiz Freire (UFBA) / Magno Mello (UFMG)
10h30 - Coffee-break
11h - Joaquim Gonçalves da Rocha e a pintura ilusionista em igrejas de Sabará, Caeté e Santa Luzia (MG) - Celio Macedo (Ufop)
11h30 - Debate
12h - Intervalo para almoço
 
Núcleo temático: Procedimentos práticos e artísticos: uma conexão entre tempo e espaço
Presidência da mesa: Prof.ª Drª. Adalgisa Arantes Campos (UFMG)

 
14h - Entre o Barroco e o Neoclássico: Hibridismo nos tetos de falsa arquitetura de Salvador (BA) - Mônica Farias (Unicamp)
14h30 - Os forros pintados em Mogi das Cruzes (SP): Séculos XVIII e XIX - Danielle Pereira (Unesp)
15h - José Soares de Araújo: De Braga ao Tijuco. Reflexões sobre uma pintura perdida - Maria Cláudia Almeida Orlando Magnani (UFVJM)
15h30 - Coffee-break
 
Núcleo temático: A coerência: pintura, restauro e conservação
Presidência da mesa: Prof. Dr. André Dangelo (UFMG)

 
16h - Igreja N. S. da Vitória de São Luís (MA): Considerações sobre as intervenções ocorridas no século XVIII até XX - Regiane Caire Silva (UFMA) / Marília Martha França Sousa (UFMA)
16h30 - Problemi di restauro e conservazione degli aparatti decorativi a finte architettura in Palazzo Niccolini - Silvio Van Riel (Università degli Studi di Firenze)
17h - Arquitetura e detalhes artísticos do solar da Glória - Entre a tradição e a modernização  do Arraial do Tejuco (MG) - Celina Borges (UFMG)
17h30 - Debate
 
 
19 DE NOVEMBRO - QUINTA-FEIRA
 
Na Fundação de Arte de Ouro Preto - Faop (rua Alvarenga, 794 - Cabeças)
 
Núcleo temático: Perspectiva e quadratura: jogo de ilusões
Presidência da Mesa: Prof. Dr. Marcos Tognon (Unicamp)
Na Fundação de Arte de Ouro Preto - Faop (rua Alvarenga, 794 - Cabeças)
 
9h - Il quadraturismo a Pontremoli: committenti e artisti - Fauzia Farneti (Università degli Studi di Firenze)
9h30 - Dos frescos dedicados a San Antônio em las capulas de dos iglesias madrileñas (siglos XVII e XVIII) - Javier Navarro de Zuvillaga (Universidad Complutense de Madrid)
10h - Coffee-break
10h30 - Perspectiva linear e medida em Del modo di misurare de Cosimo Bartoli - Fumikazu Saito (Cesima/PUC-SP)
11h - Lo sfondato prospettico dell’atrio di Palazzo Martelli e la tenda di Parrasio - Maria Teresa Bartoli (Università degli Studi di Firenze)
11h30 - Debate
12h - Intervalo para almoço
 
Núcleo temático: Máquinas de altar e ilusão pictórica
Presidência da mesa: Profª. Drª. Celina Borges (UFMG)

 
14h - As capelas de Vila Rica: Produção artística e oficinas no 1º quartel do século XVIII em Minas Gerais - Alex Bohrer (IFMG)
14h30 - A oficina do entalhador José Coelho de Noronha: artista, artífices e sua influência na talha mineira setecentista - Aziz José de Oliveira Pedrosa (UFMG)
15h - Coffee-break
 
Núcleo temático: Iconografia e literatura: questões de métodos
Presidência da mesa: Prof. Dr. Alfredo Morales (Universidad de Sevilla)

 
15h30 - O repertório iconográfico da capela de São José dos Homens Pardos ou bem casados de Ouro Preto: arte, fé, história - Leandro Gonçalves Resznde (UFMG)
16h - Livros de Ouro: técnicas, materiais e artífices - Walmira Costa (UFMG)
16h30 - Arquitetura e arte numa livraria em Vila Rica: O Divertimento Erudito de João Pacheco - Danilo Matoso Macedo (FAU - UnB)
17h - Debate
 
Na Igreja de São Francisco de Assis (Largo do Coimbra, s/nº - Centro)
 
Núcleo temático: Mecenas – Pintores e Arquitetos: arte e sociedade
Presidência da mesa: Prof. Dr. Magno Mello (UFMG)

 
19h - Mecenato de leigos na sacristia de São Francisco de Ouro Preto - Adalgisa Arantes Campos (UFMG)
19h30 - O Aleijadinho arquiteto revelado na análise do projeto de São Francisco de Assis de Ouro Preto - André Dangelo (UFMG)
 
 
20 DE NOVEMBRO - SEXTA-FEIRA
 
Na Fundação de Arte de Ouro Preto - Faop (rua Alvarenga, 794 - Cabeças)
 
Núcleo temático: Arquitetura e Espaço Cenográfico
Presidência da mesa: Prof. Dr.  Luz Freire (UFBA)

 
14h - Arquitetura e cidade na América Hispânica: a configuração do cenário barroco da Cuzco Colonial - Rodrigo Baeta (UFBA)
14h30 - Arquitetura de Matriz Pombalina no Brasil: História, Técnica e Restauro - Marcos Tognon (Unicamp)
15h - Entre traças, dibujos e riscos: José Pereira Arouca no ofício de arquiteto - Mônica Lage (UFMG)
15h30 - Coffee-break
 
Núcleo temático: Teoria Arquitetônica e Tratadística Pictórica
Presidência da mesa: Prof. Dr. Rodrigo Baeta (UFBA)

 
16h - Falsa arquitetura e música: sobre os conceitos matemáticos e as mudanças na percepções visuais e auditivas - Carla Bromberg (PUC-SP)
16h30 - O tratadista Vicenzio Carducci: Um florentino na corte espanhola no Século XVII - Adriana Carvalho (UFMG)
17h - Filipe Nunes: Um estudioso da pespectiva no seicentos português  - Renata Nogueira Gomes de Morais (UFMG)
18h - Intervalo
 
 
21 DE NOVEMBRO - SÁBADO

 
9h30 - Visita técnica dos convidados do Colóquio Internacional à Basília de Nossa Senhora do Pilar e ao Museu de Arte Sacra do Pilar
Com Carlos José Aparecido de Oliveira e Adalgisa Arantes Campos (UFMG)

 

2008 © Todos os direitos reservados ao Museu Aleijadinho
Praça de Antônio Dias - Bairro de Antônio Dias - Ouro Preto, Minas Gerais, Brasil.