Criação da Paróquia

No “Compêndio das Épocas das Capitanias de Minas Gerais” é dito que o Bispo do Rio de Janeiro, D. Francisco de S. Jerônimo, enviou como vigário para Ouro Preto os Padres João de Faria Filho e Manoel de Castro, em 1705.

O livro primeiro de batizado da freguesia, contém a declaração de assento de batizado de 06 de julho de 1709: “Começando os assentos desta freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Vila Rica e antigo Arraial de Antônio Dias, no ano de 1707, tempo em que se serviu de pároco e Reverendo Marcelo Pinto Ribeiro...” é o que consta do documento existente no Arquivo Histórico Ultramarino. Outro documento ali existente afirma, em requerimento da Câmara de Vila Rica, “sendo a de Nossa Senhora da Conceição a mais antiga da Vila e de todas as Minas...”

Na relação de paróquias de Minas de 1716, já constava seu nome;

Tornou-se vigária colada em 1724;

Em 1727 foi cogitada para ser sede do novo bispado que iria se criar em Minas, escolhida que foi pelo Provedor da Fazenda, Dr. Antônio Berquó Del-Rio, tendo então sido iniciadas as obras da reconstrução.

2008 © Todos os direitos reservados ao Museu Aleijadinho
Praça de Antônio Dias - Bairro de Antônio Dias - Ouro Preto, Minas Gerais, Brasil.